Notícias

Página para Impressão
Votlar
 

CONCLUINTES DO CURSO “CUIDADO FARMACÊUTICO NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE” RECEBEM CERTIFICADOS

 
Assessoria de Comunicação do CRF/PE  |  27/06/2019
 


Após um ano de atividades teóricas e práticas, farmacêuticos da Região Metropolitana do Recife e do interior do Estado receberam, na manhã desta quarta-feira (26/06), seus certificados de conclusão do curso “Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde”. A capacitação foi realizada pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), com apoio do Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE) e do Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco (Lafepe).

A solenidade de entrega dos certificados de conclusão aconteceu na sede do Lafepe, no bairro de Dois Irmãos, em Recife.

O projeto “Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde” foi idealizado pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF). Pernambuco foi um dos estados contemplados com a capacitação, como resultado da articulação do representante do estado no CFF, Bráulio César de Sousa.

Farmacêuticos das 35 unidades do Lafepe, além de profissionais ligados à Assistência Farmacêutica municipal participaram da capacitação. Devido à distribuição geográfica dos profissionais, foram criados dois polos, um em Recife e o outro em Serra Talhada.

Estiveram presentes na solenidade o Conselheiro Federal do CFF, Bráulio César de Sousa; a vice-presidente do CRF-PE, Sarah Christine Cavalcanti Ximenes; o Diretor Administrativo Financeiro do Lafepe, Nivaldo Brayner; o Superintendente-técnico do laboratório e coordenador do curso no Polo Recife, Libini Melo; o Coordenador no Polo de Serra Talhada, Fabrício Melo e a Coordenadora do Lafepe, Luciana Aquino.

Ao lembrar o esforço empreendido para trazer o curso para Pernambuco, Bráulio César se emocionou.
“Quero agradecer, em especial à diretoria do Lafepe, porque quem conduz as instituições é que dá a dinâmica. Parabéns pela visão, pois muitas vezes é fácil fazer o mesmo, mas para inovar é preciso coragem.
Quero agradecer ao presidente Walter Jorge, do Conselho Federal de Farmácia, que sempre me apoiou em todos os pleitos. Fico feliz por, no exercício do meu mandato, através dessas iniciativas, conseguir interferir positivamente na vida do cidadão pernambucano comum, que vai ter esse serviço de qualidade ofertado por vocês”, Concluiu.

A vice-presidente do CRF-PE elogiou o esforço dos formandos. “O que mais me emociona é ver que diante de diversas dificuldades vocês chegaram até o final e como profissionais farmacêuticos querem mostrar o diferencial”, Comentou Sarah Ximenes.

Já o farmacêutico Libini Melo aproveitou para reiterar a importância da capacitação e agradecer o apoio. “É com imenso prazer que chegamos neste momento, diante de inúmeras dificuldades conseguimos superar e chegar até aqui. Quero agradecer aos gestores do Lafepe, que tiveram sensibilidade de entender a necessidade dessa qualificação. Também agradeço ao conselheiro federal Bráulio, que viabilizou através do CFF a realização dessa capacitação em Recife e Serra Talhada e ao Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco, que nos apoiou. Me sinto privilegiado em estar neste grupo de pessoas”, pontuou.

O Coordenador do polo de Serra Talhada também aproveitou a oportunidade para agradecer a todos(a) que proporcionaram a realização da capacitação profissional. O Diretor Administrativo e Financeiro do Lafepe, Nivaldo Brayner, concluiu dizendo. “Hoje é um dia marcante para o Lafepe. Na condição de diretor do momento, isso vai ficar também marcado na minha história”.

SOBRE O PROJETO
O projeto Cuidado Farmacêutico no Sistema Único de Saúde (SUS) foi lançado pelo Conselho Federal de Farmácia no ano passado. A metodologia desenvolvida permite ao CFF, por meio dos Conselhos Regionais, reunir dezenas de farmacêuticos nos municípios e implantar os cuidados farmacêuticos em sua cidade, com o acompanhamento de tutores que dão consultoria após o curso.

A capacitação tem como objetivo qualificar os participantes para a prestação de serviços, em nível de atenção básica, como a avaliação para controle glicêmico, o monitoramento sobre o correto uso dos medicamentos e o rastreamento em saúde, bem como a identificação de sinais e sintomas para formalização de encaminhamento ao médico.