Notícias

Página para Impressão
Votlar
 

CRF-PE E SINFARPE SE REÚNEM COM SECRETARIA DE SAÚDE

 
Assessoria de Comunicação do CRF/PE  |  23/08/2018
 


Entidades cobraram da SES convocação de todos os farmacêuticos aprovados no concurso realizado em
2014.

Na manhã desta quarta-feira (22/08), a Diretoria do Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE) e a Presidente do SINFARPE estiveram presentes na sede da Secretaria Estadual de Saúde (SES) para reunião marcada com o secretário de saúde do Estado, José Iran Costa Júnior.


Porém, por motivos maiores o mesmo não se fez presente, sendo representado pela Diretora Geral da Gestão do Trabalho, Vanessa Diniz; pela Gerente de Políticas e Regulação do Trabalho, Fernanda Tavares e por Flávia Villachan, da Diretoria Geral de Assistência à Saúde.

Na reunião, foram apresentados documentos aos representantes da Secretaria com tópicos específicos referentes ao pequeno percentual de farmacêuticos convocados no concurso realizado em 2014 pela SES/PE, cuja vigência se encerra em dezembro deste ano. Foi apresentado também o quadro de profissionais farmacêuticos necessários para cumprimento da Lei 13.021/2014 e para implementação da Política Estadual de Assistência Farmacêutica recentemente aprovada, reiterando o pleito pela convocação dos profissionais classificados no concurso, de acordo com a relevância dos serviços de cada Geres.

“Estamos representando a categoria farmacêutica e defendendo o direito da sociedade de acesso aos serviços farmacêuticos. Entendemos que a Assistência Farmacêutica do Estado está defasada de recursos humanos e de estruturação", declarou Gisêlda Lemos, Presidente do CRF-PE. "Fizemos uma fiscalização e levantamento de todos os hospitais e unidades da rede estadual, pontuamos a necessidade de profissionais, entregamos ao Secretário e esperamos retorno", afirmou a Presidente.


Além de cobrarem a convocação de todos os farmacêuticos aprovados no concurso realizado em 2014, o CRF-PE e o SINFARPE solicitaram correções no novo edital lançado ontem, pleiteando a participação do farmacêutico-bioquímico, questionando os baixos salários, buscando mais vagas para os farmacêuticos devido à carência deste profissional nas unidades de saúde pública de Pernambuco.

“Nós temos um quadro do que é a real necessidade da Assistência Farmacêutica no Estado, não somente para o cumprimento da legislação, mas, principalmente, para garantir à população o acesso aos serviços farmacêuticos de atenção e cuidado", concluiu Gisêlda.

O CRF-PE foi representado por Gisêlda Lemos (Presidente), Sarah Ximenes (Vice Presidente), Bráulio César de Sousa (Conselheiro Federal), Hermias Veloso (Assessor da Direotoria) e Bergson Nogueira (Advogado). O SINFARPE foi representado pela Presidente Veridiana Ribeiro.