Destaques

Notícias

 
Comunicado – Subsedes de Garanhuns e Petrolina fechadas durante o mês de Janeiro

Em decorrência das férias das funcionárias das Subsedes de Garanhuns e Petrolina, informamos que as mencionadas subsedes estarão fechadas durante o mês de janeiro de 2019.Lembramos que vários serviços estão disponíveis em nosso canal de atendimento online. Acesse www.crfpe.org.br | ou entre em contato pelo fone: (81) 3426-8540A Diretoria

Anuidades 2019 – Boletos já estão disponíveis

Informamos que os boletos das ANUIDADES 2019 já estão disponíveis em nosso site. Os valores foram definidos através da Resolução Nº 663, de 21 de novembro de 2018, do Conselho Federal de Farmácia.Veja as opções para pagamento:1. COTA ÚNICA• Com desconto de 15% (quinze por cento), se efetivado até 31 de janeiro de 2019• Com desconto de 10% (dez por cento), se efetivado até 28 de fevereiro de 2019• Sem desconto, se efetivado até 31 de março de 20192. EM 6 (SEIS) PARCELAS• Sem desconto• Primeira parcela com vencimento para 31/01/2019• Última parcela com vencimento para 30/06/2018.Para consulta e impressão das guias acesse:http://www.crfpe.org.br/anuidade2019/

 
RESOLUÇÃO Nº 663, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2018

EMENTA: Dispõe sobre a correção dos valores das anuidades devidas aos Conselhos Federal e Regionais de Farmácia.O CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 6º, alínea “g”, da Lei Federal nº 3.820, de 11 de novembro de 1960;CONSIDERANDO os termos da Lei Federal nº 12.514, de 28 de outubro de 2011, que dispõe sobre as contribuições devidas aos Conselhos de Fiscalização de Profissões Regulamentadas, as quais devem ser estabelecidas com base nos valores definidos no referido diploma legal;CONSIDERANDO os termos do artigo 6º, § 1º, da Lei Federal nº 12.514, de 28 de outubro de 2011, dispondo que os valores das anuidades serão reajustados de acordo com a variação integral do Índice Nacional de Preços ao Consumidor - INPC, calculado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, ou pelo índice oficial que venha a substituí-lo, RESOLVE:Art. 1º - Divulgar os valores de suas anuidades conforme a tabela abaixo, para aplicabilidade e cobrança das pessoas físicas e jurídicas consoante ao disposto no artigo 22 da Lei Federal nº 3.820/60:

PESSOACAPITAL SOCIAL (R$)VALOR DA ANUIDADE (R$)
FÍSICA NÍVEL SUPERIOR543,08
FÍSICA NÍVEL MÉDIO271,53
RECÉM INSCRITO (1ª INSCRIÇÃO)50% dos respectivos valores para nível superior e para nível médio
JURÍDICAAté 50.000,00754,29
Acima de 50.000,00 até 200.000,001.508,61
Acima de 200.000,00 até 500.000,002.262,90
Acima de 500.000,00 até 1.000.000,003.017,20
Acima de 1.000.000,00 até 2.000.000,003.771,53
Acima de 2.000.000,00 até 10.000.000,004.525,82
Acima de 10.000.000,006.034,41
Art. 2º - O pagamento da anuidade será efetuado ao Conselho Regional de Farmácia da respectiva jurisdição, até o dia 31 de março de cada exercício, com desconto de 15% (quinze por cento) se efetivado até 31 de janeiro, de 10% (dez por cento) se efetivado até 28 de fevereiro, ressalvado o ano bissexto (29 de fevereiro), ou em 6 (seis) parcelas sem desconto, vencendo-se a primeira em 31 de janeiro.Art. 3º - Se o pagamento da anuidade for efetuado após o vencimento, será acrescida multa de 20% (vinte por cento) e juros de mora de 12% (doze por cento) ao ano, nos termos do artigo 22 da Lei Federal nº 3.820/60.Art. 4º - Caso haja inadimplência quanto ao pagamento das anuidades previstas nesta resolução, será aplicado o disposto no artigo 35 da Lei Federal nº 3.820/60, observados os artigos 7º e 8º da Lei Federal nº 12.514/11.Art. 5º - Os Conselhos Regionais de Farmácia deverão obedecer aos valores das anuidades definidas nesta resolução, observada a aplicação do artigo 4º, § 3º, e demais disposições da Lei Complementar nº 123/06 e suas posteriores alterações, às pessoas jurídicas enquadradas como microempreendedor individual (MEI).Art. 6º - Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário, em especial a Resolução/CFF nº 650/17, publicada no Diário Oficial da União de 04/12/2017, Seção 1, página 104.WALTER DA SILVA JORGE JOÃOPresidente – CFF

PLANO ANUAL DE FISCALIZAÇÃO PARA 2019 EM FASE DE CONCLUSÃO

Fiscalizar o cumprimento da legislação que rege as atividades farmacêuticas, garantindo assim a proteção da sociedade. Este é o foco do Plano Anual de Fiscalização que o Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco está construindo para o exercício de 2019.Na tarde desta quinta-feira(20/12), a Vice-presidente do CRF-PE, Sarah Christine Cavalcanti Ximenes conduziu mais uma reunião de trabalho para a finalização do documento, com participação da Supervisora de Fiscalização do órgão, Haydee Menezes e do Conselheiro Federal do CFF, Bráulio César de Sousa.O Plano prevê prazos e metas a serem alcançados pela fiscalização no próximo ano, de forma que as ações resultem na garantia do exercício legal das atividades farmacêuticas, com o consequente benefício à saúde da população e o reconhecimento do profissional farmacêutico.No próximo ano, o trabalho da fiscalização do CRF-PE será incrementado, tendo em vista a chegada de seis novos fiscais (quatro para a capital e dois para o interior do Estado) e a aquisição de equipamentos e veículos, ações que recebem a poio do Conselho Federal de Farmácia, por intermédio do conselheiro Bráulio César de Sousa.

 
ÚLTIMA SOLENIDADE DE JURAMENTO DO ANO REALIZADA EM CARUARU

Quarenta e cinco farmacêuticos e onze técnicos de laboratório de Caruaru e municípios da Região do Agreste prestaram, na manhã desta quinta-feira (20/12) o compromisso de bem exercer a profissão.A solenidade de juramento foi realizada na Subsede do Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE) em Caruaru e foi conduzida pelas diretoras Gisêlda Castro Lemos de Freitas (Presidente) e Sarah Christine Cavalcanti Ximenes (Vice-Presidente) e pela supervisora da fiscalização, Haydée Menezes.O evento foi prestigiado pelo Conselheiro Federal do CFF, Bráulio César de Sousa e pelo Conselheiro Regional Suplente e coordenador da Subsede Caruaru, Vohnson Francisco Machado de Miranda.Durante o ato de juramento, os novos profissionais receberam orientações sobre a estrutura do CRF-PE e do CFF e sua importância para a sociedade e para a profissão farmacêutica.Esta foi a sétima solenidade de juramento e entrega de carteiras realizada este ano. Ao todo, foram 264 novos farmacêuticos e 73 técnicos de laboratório que ingressaram na profissão no decorrer do exercício.

Pauta Reunião Plenária dia 27/12/2018

01. Abertura da Sessão Plenária às 09:00;02. Deliberação sobre os valores dos custos dos serviços e expedição de documentos;03. Deliberação dos valores referentes aos jetons e diárias dos ocupantes das funções públicasconferidas pelo Artigo 12, da Lei Federal Nº 3.820/1960, e das diárias dos funcionários,assessores, coordenadores e convidados a serviço do CRF/PE;04. Revisão e Aprovação do Regimento Interno;Intervalo para Almoço das 12:00 às 13:0005. Apresentação e Aprovação do Plano Anual de Fiscalização para 2019;06. Aprovação das Atas das Reuniões Plenárias Ordinárias de 26/11/2018 e 17/12/2018;07. Informes da Diretoria;08. Informes dos Conselheiros;09. Várias.

 
NOSSO EXPEDIENTE NO PERÍODO DE NATAL E ANO NOVO

Comunicamos aos farmacêuticos, proprietários de estabelecimentos e demais usuários do Conselho Regional de Farmácia do Estado de Pernambuco o expediente na sede e subsedes do órgão durante o período de Natal e Ano Novo.Dia 21/12/2018 – Expediente de 08h às 12hDia 24/12/2018 – Fechado (véspera de Natal)Dia 25/12/2018 – Fechado (Natal)Dia 26/12/2018 – Expediente normalDia 27/12/2018 – Expediente normalDia 28/12/2018 – Expediente normalDia 31/12/2018 – Fechado (véspera de Ano Novo)Dia 01/01/2019 – Fechado (Ano Novo) A DIRETORIA

Novo termo de ajustamento e conduta amplia assistência farmacêutica em Petrolina e mais quatro municípios

As farmácias sem manipulação situadas no município de Petrolina deverão contar com assistência farmacêutica plena, ou seja, ter farmacêutico(s) durante todo o horário de funcionamento do estabelecimento. A garantia está prevista no novo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado no dia 10 passado, na Procuradoria da República em Petrolina.O TAC abrange também os municípios de Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista, que deverão também se adequar, de forma gradativa, às determinações das Leis 5.991/1973 e 13.021/2014.De acordo com o termo ajustado, as farmácias situadas nos municípios de sua abrangência se adequarão à legislação da seguinte forma:1 – Petrolina• Assistência farmacêutica plena de segunda a sábado em todas as farmácias, sem manipulação;• As farmácias que abrirem aos domingos e/ou feriados deverão contar com assistência farmacêutica em regime de plantão.2 – Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista• Implementação da assistência farmacêutica de 36 horas semanais a partir de 01/01/2019, com aumento gradativo da seguinte forma:• Assistência farmacêutica de 40 horas semanais a partir de 01/01/2020• Assistência farmacêutica plena a partir de 01/01/2021O Documento prevê ainda que as vigilâncias sanitárias dos municípios envolvidos ou, na ausência destas, a APEVISA, somente poderão licenciar estabelecimentos mediante a comprovação da assistência do farmacêutico responsável técnico, devidamente inscrito no CRF-PE. A fiscalização do cumprimento do termo de ajuste de conduta será feita pelo ministério público e pelos órgãos envolvidos.São signatários do Termo de Ajustamento de Conduta o Ministério Público Federal, O Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE), O Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de Pernambuco (Sincofarma), o Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Pernambuco (Sinfarpe), a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), e vigilâncias sanitárias dos municípios de Petrolina, Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista.Participaram do ato chancela do TAC em Petrolina: Taciana Andrea Sales Nogueira (Procuradora da República), Gisêlda Castro Lemos de Freitas (Presidente do CRF-PE), Sarah Cavalcanti Ximenes (Vice-Presidente do CRF-PE) Bergson José Nogueira (Procurador do CRF-PE), Jaime Brito de Azevedo (Gerente da APEVISA), José Leniro Rodrigues (Advogado do SINFARPE), Haidee Vitor Menezes (supervisora de Fiscalização do CRF-PE), Augusto Santana (AMVS), Breno Marrone Vieira Dias de Sá (Assessor Jurídico da AMVS) e Aderbal Cavalcante Dias (Supervisor da SES-PE).Acesse AQUI a íntegra do TAC

 
Direção do CRF-PE em Petrolina

As diretoras do Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco Gisêlda Castro Lemos de Freitas (Presidente) e Sarah Christine Cavalcanti Ximenes coordenaram, na manhã da segunda-feira (10/12), mais uma cerimônia de juramento e entrega de carteiras. O ato ocorreu na subsede do CRF-PE em Petrolina e contou ainda com a participação da supervisora da Fiscalização, Haidee Menezes.À tarde, as diretoras participaram de reunião no Ministério Público de Petrolina para discutir o novo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). O acordo foi formalizado em 2015 com o objetivo de garantir a assistência do profissional farmacêutico nas farmácias dos municípios de Petrolina, Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista. Em breve daremos mais informações sobre a reunião e os detalhes do novo TAC.No dia seguinte (11/12), também em Petrolina, Gisêlda Lemos e Sarah Ximenes e os advogados Bergson Nogueira (CRF-PE) e José Leniro (SINFARPE) mantiveram encontro na Secretaria de Saúde do município para tratar do edital do concurso público aberto recentemente pela Prefeitura.Veja AQUI mais imagens da entrega de carteiras.

CRF-PE e SINFARPE discutem demandas com gestão municipal de Petrolina

Melhores salários e implantação da gratificação de responsabilidade técnica para o cargo de farmacêutico no município de Petrolina. Estes foram alguns dos assuntos tratados na reunião que os representantes do Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE) e do Sindicato dos Farmacêuticos de Pernambuco (SINFARPE) tiveram, na manhã desta terça-feira (11/12), com o Secretário Municipal de Gestão Administrativa de Petrolina, Henrique Guerra.Participaram do encontro as diretoras do CRF-PE Gisêlda Castro Lemos de Freitas (Presidente) e Sarah Cavalcanti Ximenes (Vice-Presidente) e os advogados Bergson Nogueira (CRF-PE) e José Leniro Rodrigues Júnior (SINFARPE).Na ocasião, CRF-PE e SINFARPE questionaram o valor do salário ofertado no edital de concurso público lançado recentemente pela prefeitura de Petrolina. Publicado no dia 21 novembro passado, o edital estabelece o valor de R$ 1.075,07 como salário base do cargo de Farmacêutico (e de outros profissionais da área de saúde).Os representantes argumentaram o fato de o valor ofertado no edital estar muito aquém da tabela salarial negociada pelo SINFARPE sendo, inclusive, inferior ao valor praticado em outros municípios economicamente inferiores a Petrolina.Durante o encontro, a presidente do CRF-PE destacou que o órgão vem trabalhando para a inserção do farmacêutico na saúde pública, em consonância com a Lei 13.021/2014 e lembrou que, no âmbito privado, a assistência farmacêutica tem avançado significativamente em Petrolina, a partir do Termo de Ajustamento de Conduta firmado junto ao Ministério Público.Após ouvir os interlocutores, Henrique Guerra informou que está em planejamento, no âmbito da gestão de Petrolina, a atualização da lei municipal que trata dos salários dos servidores, inclusive dos farmacêuticos. O secretário disse ainda que é favorável ao pleito da gratificação por responsabilidade técnica para o farmacêutico.Ficou acordada ainda a realização de um levantamento completo da situação das farmácias do serviço público de saúde de Petrolina. A pesquisa será realizada conjuntamente pelo CRF-PE e Vigilância Municipal e deverá gerar um diagnóstico retratando tanto os aspectos sanitários e estruturais quanto as condições de trabalho. Este diagnóstico será utilizado cm parâmetro para discussão dos pleitos relacionados aos profissionais farmacêuticos.Gisêlda Lemos classificou como bastante positiva a reunião com o Secretário Municipal de Gestão Administrativa de Petrolina. “O secretário foi assertivo aos nossos pleitos e deixou aberto o canal de diálogo com o CRF PE e com o SINFARPE para tratarmos das pautas das entidades, visando tanto a valorização profissional do farmacêutico quanto a prestação da assistência farmacêutica à população.” Concluiu.

 
CRF-PE e Vigilância Sanitária realizam operação conjunta em Olinda

Três estabelecimentos farmacêuticos interditados e onze autuados. Este foi o saldo da força-tarefa realizada pelo Conselho Regional de Farmácia e Vigilância Sanitária de Olinda com o objetivo de coibir o funcionamento de farmácias irregulares e ilegais no município.A blitz conjunta foi realizada nos dias 29 de novembro e 6 de dezembro e é resultado de parceria entre o CRF-PE e VISA de Olinda.Os estabelecimentos visitados pela equipe de fiscalização apresentavam diversas irregularidades, entre elas a ausência de farmacêutico responsável técnico, falta de registro junto ao CRF-PE e falta da licença sanitária. Alguns dos estabelecimentos visitados não preenchiam os requisitos necessários no tocante às condições estruturais e sanitárias.Na blitz realizada no dia 29 de novembro foram fiscalizadas farmácias nos bairros Alto da Bondade, Alto da Conquista, São Benedito, Jardim Fragoso e Peixinhos. Na ocasião, oito estabelecimentos foram inspecionados. Uma farmácia foi interditada e as demais foram notificadas de acordo com as pendências identificadas pela equipe.Ontem, (06/12), foram feitas abordagens nos bairros de Rio Doce e jardim Atlântico, sendo dois estabelecimentos interditados pela vigilância sanitária de Olinda por não terem a licença de funcionamento expedida pelo órgão.“Nossa fiscalização tem atuado continuamente, identificando os estabelecimentos clandestinos, sem registro no Conselho de Farmácia ou sem o farmacêutico responsável técnico. Nesses casos é lavrado um auto de infração que se transforma em multa caso a defesa apresentada pelo estabelecimento não seja acatada pelo Plenário", explica a vice-presidente do CRF-PE e responsável pela Fiscalização, Sarah Ximenes.“Quando atuamos conjuntamente, cada órgão dentro de suas prerrogativas, os resultados são imediatos. Com isso, quem sai lucrando é a população”. Opina a presidente do CRF-PE, Gisêlda Castro Lemos de Freitas.As dirigentes apostam na força das operações conjuntas do CRF-PE e VISAs. Segundo elas, ações como a realizada em Olinda serão intensificadas em outros municípios do Estado, uma vez que a fiscalização do Conselho recebeu reforço com a chegadas de novos fiscais.DENÚNCIAA população pode contribuir para evitar o funcionamento de estabelecimentos irregulares e ilegais. O CRF-PE mantém em seu site um canal de ouvidoria onde podem ser registradas denúncias de estabelecimentos clandestinos ou irregulares. As denúncias podem ser realizadas de forma anônima.Saiba como registrar sua denúncia:• Através do canal de Ouvidoria: http://www.participar.com.br/crfpe• Através de telefone: (81) 3426-8540 (das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira)• Pessoalmente: Na sede do em Recife ou em uma das subsedes localizadas nas cidades de Caruaru, Garanhuns, Serra Talhada e Petrolina.

CRF-PE Convoca mais seis aprovados do concurso público realizado em abril

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de Pernambuco está convocando mais seis candidatos aprovados no concurso público realizado pelo órgão em abril passado. O edital de convocação foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (07/12/2018).Esta é a segunda convocação feita pelo CRF-PE. A primeira foi feita no dia 10 de agosto passado, quando foram chamados três Farmacêuticos Fiscais e um Auxiliar Administrativo.Nesta etapa, as convocações foram direcionadas para os cargos com perfil administrativo (Assistente Administrativo Operacional e Analista de Gestão de Pessoas), mas também houve convocação para o cargo de Farmacêutico Fiscal. Os candidatos convocados ocuparão vagas em Recife e em Caruaru.De acordo com a presidente do CRF-PE, Gisêlda Castro Lemos de Freitas, as convocações estão ocorrendo dentro do cronograma previsto, de acordo as demandas do órgão. “Neste segundo edital de convocação nosso foco foi para os cargos administrativos, tendo em vista que nos últimos anos tivemos um aumento significativo no volume das atividades internas. A chegada desses novos servidores com certeza trará um impacto positivo nos serviços que prestamos para os profissionais farmacêuticos e para a população”. Comemora a dirigente.VEJA A LISTA DOS CONVOCADOSASSISTENTE ADMINISTRATIVO FINANCEIRO - RECIFE: • WANESSA MICHELLY SOUZA FREITAS LINS - 1ª COLOCADA.ASSISTENTE ADMINISTRATIVO OPERACIONAL - RECIFE: • JONATHA VAZ DE BRITO MEDEIROS - 2º COLOCADO• PRISCILA MARIA DA SILVA - 3ª COLOCADA.ANALISTA GESTÃO DE PESSOAS - RECIFE: • MANUELA AMORIM DOS SANTOS - 1ª COLOCADA.FARMACÊUTICO FISCAL - CARUARU: • ANDRÉ DE MAGALHÃES DIAS MAURÍCIO - 1º COLOCADOASSISTENTE ADMINISTRATIVO OPERACIONAL - CARUARU: • LUCY KARY TAVARES DA SILVA - 1º COLOCADA.Os convocados têm o prazo de 15 dias para comparecer à Sede do CRF-PE para se inteirarem dos procedimentos e exigências necessários para a posse.O Edital de convocação pode ser acessado neste link: http://bit.ly/2RHG9Fm

 
Juramento de novos profissionais em Petrolina

O Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco – CRF-PE convoca os farmacêuticos e técnicos de laboratório listados abaixo para a cerimônia de juramento e entrega de carteiras de identidade profissional.O de juramento ocorrerá no dia 10/12/2018, às 10:00h, na Subsede do CRF-PE em Petrolina, localizada na Av. Presidente Tancredo Neves, n° 1064, térreo, loja 03, Ed. São Francisco. FARMACÊUTICO • DELIS GALVÃO GUIMARÃES• EMANUELLA CHIARA VALENÇA PEREIRA• FERDINANDO FRANKLIN ALMEIDA ALIPIO• IEDA MARIA DOS SANTOS• JOYCE KAROLINE MOREIRA CARDOSO• JUSSARA DE JESUS SILVA• LAIS ALVES MARQUES• LÍDIA RIBEIRO LELE• MARIA TAIS DE MOURA FONTES ARAUJO• RAFAEL BATISTA DA SILVA• ROBSMEIRE GERMANO DE ARAUJO• ROMARIO ALVES LEITE• SILVANA HELENA DE CARVALHO NOGUEIRA• TÂNIA RIBEIRO FERNANDES• TICIANNO MENEZES NEVES PEREIRA• VALESCA RESENDE DE OLIVEIRA TÉCNICO DE LABORATÓRIO • MARIA DAS GRACAS CARDOSO DO NASCIMENTO• SILVANI CONCEIÇÃO DE SOUZA

Simpósio discutiu avanços técnicos em Análises Clínicas

O Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco (CRF-PE) promoveu, nna sexta-feira e no sábado passados (31 de novembro e 1 de dezembro), o II Simpósio Pernambucano de Análises Clínicas. O evento aconteceu no Hotel Manibu, Zona Sul do Recife e reuniu profissionais farmacêuticos, técnicos de laboratório e estudantes.Idealizado pela Comissão de Análises Clínicas do CRF-PE, o Simpósio contou com o apoio do Conselho Federal de Farmácia (CFF) e das empresas BD Diagnóstica do Brasil, Bioclin, Caeptox e Innova Diagnóstica.O evento foi aberto na manhã da sexta-feira (31/11) pela presidente do CRF-PE. “Apesar de não ser privativa do farmacêutico, a área das análises clínicas é vital para a nossa profissão, até por sua interface com várias outras áreas. Por isso o CRF-PE vem investindo para que esse campo de atuação cresça cada vem mais em nosso Estado”. Disse a presidente do órgão, Gisêlda Castro Lemos de Freitas durante a abertura do evento. Além de Gisêlda Lemos, participaram da mesa de abertura a vice-presidente Sarah Christine Cavalcanti Ximenes, o Diretor Secretário Geral Leandro Medeiros, a Conselheira Federal Patrícia Navarro e os integrantes da Comissão de Análises Clínicas do CRF, Alexandre Tavares, Hélio Freitas e José Araujo de Carvalho. O Conselheiro Federal Bráulio César de Sousa, do CFF, e a Diretoria Tesoureira do CRF-PE, Joyce Nunes não puderam comparecer à solenidade de abertura, mas prestigiaram o evento no turno da tarde.A Presidente do CRF-PE destacou em sua fala o trabalho da Comissão de Análises Clínicas e agradeceu ao Conselho Federal de Farmácia, cujo apoio foi fundamental para a concretização do simpósio. “Quero registrar o agradecimento de Pernambuco ao presidente Walter Jorge, que tem nos apoiado nessa tarefa de capacitação e qualificação dos profissionais. Os resultados desse investimento já podem ser notados, quando vemos os nossos profissionais ocupando cada vez mais os espaços de destaque, seja no âmbito público, seja no privado”.Representando o CFF, a Conselheira Federal Patrícia pelo Estado da Paraíba, Patrícia Navarro elogiou a atuação do CRF-PE, seja no cumprimento de suas atribuições legais, seja na capacitação dos profissionais. “O programa de capacitação de Pernambuco tem sido modelo para outros Estados”, disse.PROGRAMAÇÃO – Durante os dois dias de atividades foram abordados temas atuais das análises clínicas. Foram quatro conferências e dois minicursos, ministrados por renomados palestrantes. Na sexta-feira, a programação do evento contemplou as palestras “A importância do controle de qualidade, por Natanael Luis Gomes (Assessor Científico da empresa Bioclin), “O mercado brasileiro de análises clínicas”, por Márcio Gomes (Especialista em gestão estratégica), “Dislipidemias”, por Sandro Jorge Januário (Docente do Instituto de Pesquisa e Educação - IPESP) e “Exames Toxicológicos”, por Maria Francesca Riccio (Gerente Analítica na CAEP - Centro Avançado de Estudos e Pesquisas).O Simpósio prosseguiu na manhã do sábado com o minicurso “A Automação Como Auxiliar no Diagnóstico das Principais Alterações Hematológicas”, ministrado pelo farmacêutico Marcos Fleury, professor de Hematologia da Faculdade de Farmácia da UFRJ.A programação do evento foi concluída no final da tarde com o minicurso “Descomplicando o Espermograma”. A capacitação foi ministrada pelo farmacêutico fluminense Orildo dos Santos, especialista em Citologia Clínica e Gestão do Laboratório Clínico e assessor técnica científico da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas-SBAC.“O 2º Simpósio Pernambucano de Análises Clínicas superou todas as expectativas”. Considerou Alexandre Tavares, da Comissão de Análises Clínicas do CRF-PE, ao final do evento. Ele agradeceu o apoio da Direção do Conselho e destacou que o êxito das duas edições do simpósio já realizadas serve de estimulo para uma terceira edição ainda maior, com três dias de programação.